Movimento e Coordenação do bebê em cada faixa etária

Bebê recém nascido

O desenvolvimento neuropsicomotor do bebê se refere à capacidade de adquirir novas habilidades motoras e cognitivas em consequência do amadurecimento do sistema nervoso central e periférico, a partir do nascimento. Este processo se dá de maneira relativamente previsível, natural e incontestável, apesar de sofrer pequenas variações individuais.

O desenvolvimento motor que envolve a capacidade de movimentar-se e a coordenação motora do bebê é uma das habilidades mais importantes, uma vez que serve como alicerce para o conhecimento de mundo, a aquisição da linguagem, o controle esfincteriano, a independência funcional e outros domínios.

Abaixo, descrevemos os marcos de desenvolvimento de cada fase e o que você deve esperar que o seu bebê seja capaz de fazer:

Bebês recém-nascidos: Movimentos e coordenação

Bebê recém nascido

Os bebês nascem com alguns reflexos. Eles respondem, naturalmente, a coisas como luz ou o toque. Se você colocar o dedo na mão do recém-nascido, por exemplo, o bebê provavelmente o segurará. Se você tocar levemente a boca do bebê, seu filho, provavelmente, fará um movimento de sucção.

Como meu bebê está se movendo?

Os bebês geralmente exibem reflexos de enraizamento, sucção, sobressalto, aperto e tônico no pescoço logo após o nascimento. Esses reflexos são movimentos involuntários que fazem parte normal do desenvolvimento infantil. Esses reflexos iniciais desaparecem gradualmente à medida que os bebês amadurecem, geralmente quando têm 3 a 6 meses de idade.

Os reflexos de sucção ajudam o recém-nascido a se alimentar. O enraizamento solicita que uma criança se vire automaticamente na direção de uma fonte de alimento, seja a mama ou mamadeira. Você pode ver essa resposta se acariciar suavemente a bochecha do seu recém-nascido perto da boca com a mão. Seu bebê vai virar nessa direção de boca aberta, pronto para mamar. Quando um mamilo ou mamadeira é colocada na boca do bebê, ele começa a sugar de forma reflexiva.

Um bebê também nasce com uma resposta surpreendente chamada de reflexo de Moro. Uma criança que se assusta (por exemplo, com um barulho alto) ou se move bruscamente pode responder girando para fora os braços e as pernas, enrolando-os novamente.

Seu bebê também pode mostrar um reflexo de agarrar, segurando o dedo quando você o coloca na palma da mão. Se você tocar a sola do pé do seu recém-nascido, ele flexionará e os dedos do pé irão se enrolar.

Um bebê também, provavelmente, mostrará o reflexo tônico do pescoço ou a postura do esgrimista. Isso acontece quando a cabeça de um recém-nascido é virada para um lado e a criança, automaticamente, endireita o braço naquele lado do corpo enquanto dobra o braço oposto.

Como posso incentivar meu bebê?

À medida que o bebê cresce, esses reflexos se tornam menos visíveis e se desenvolvem movimentos mais intencionais.

Dê ao seu bebê espaço para alongar e mover os braços e as pernas. Deixe seu bebê passar algum tempo de bruços quando acordado e alerta, para ajudar a fortalecer os músculos das costas e pescoço. Sempre monitore o seu bebê nesta posição.

Bebês de 1 a 3 meses de idade: Movimentos e coordenação

Bebê de 3 meses

Nesta fase, os reflexos neurológicos exibidos logo após o nascimento, começam a desaparecer à medida que os bebês ganham mais controle sobre os seus movimentos e interagem mais com as pessoas e as coisas ao seu redor.

O que meu bebê pode fazer?

Os recém-nascidos lutam para levantar a cabeça. Mas, à medida que a força do pescoço e da parte superior do corpo aumentam, eles serão capazes de levantar a cabeça enquanto estão de barriga para cima e, eventualmente, se apoiar em seus braços, manter a cabeça erguida e olhar em volta.

Você também pode notar que seu bebê está esticando e chutando as pernas. Esse movimento fortalece os músculos das pernas, preparando o bebê para rolar, o que geralmente acontece por volta dos 4 a 6 meses de idade. Mas tenha cuidado: até bebês muito pequenos podem rolar de vez em quando e, por este motivo, é importante nunca deixar um bebê sozinho em uma mesa, cama ou outra superfície alta.

Os bebês agarram-se reflexivamente desde o nascimento mas, durante os primeiros 3 meses de vida, eles começam a abrir e fechar as mãos e a mover as mãos para a boca. Nesta fase, o seu bebê pode ser capaz de sacudir um chocalho ou um brinquedo que é colocado em suas mãos e soltá-lo quando não estiver mais interessado nele.

A visão também começará a melhorar à medida que o seu filho desenvolve a capacidade de seguir um objeto em movimento com os olhos e procurar objetos próximos.

Como posso incentivar meu bebê?

Os bebês precisam praticar as suas habilidades. De maneira supervisionada, deite o seu bebê de bruços e permita que o seu filho pratique levantando a cabeça e fortalecendo os músculos do pescoço, dos braços e do ombro. No entanto, o seu bebê pode ficar frustrado nessa posição. Portanto, mantenha as primeiras sessões curtas e aumente o tempo gradualmente.

Incentive o desenvolvimento da coordenação olho-mão, permitindo que o seu bebê alcance os brinquedos favoritos enquanto está sentado em seu colo ou permitindo que ele toque objetos coloridos pendurados em uma “academia infantil”.

Quando eu devo ligar para o médico?

O desenvolvimento normal da criança tende a seguir um certo padrão. As habilidades que os bebês desenvolvem precocemente servem como alicerces para futuras habilidades. Ainda assim, o tempo necessário para desenvolver essas habilidades pode variar bastante entre as crianças.

Informe o seu médico se, no final deste período, o seu filho não for capaz de:

  • Abrir e fechar as mãos;
  • Segurar objetos nas mãos apoiando a sua própria cabeça;
  • Levantar a cabeça e o peito quando estiver deitado de bruços;

Não atingir as metas individuais não significa, necessariamente, que há um problema. Converse com o seu médico se você tiver dúvidas ou preocupações sobre o desenvolvimento do seu bebê.

Bebês de 4 a 7 meses de idade: Movimentos e coordenação

Nesta idade, as crianças estão aprendendo a rolar, a alcançar o que querem e a sentar.

Você pode ajudar o seu filho fornecendo um local seguro para que ele possa praticar o movimento e fornecendo muitos objetos interessantes para que ele possa alcançar.

Como meu bebê está se movendo?

Nesta fase, os bebês já são capazes de segurar a cabeça e levantar o peito quando estão deitados de bruços. Eles começam, então, a levantar ainda mais a cabeça e o peito, endireitando os braços e usando os músculos do peito e das costas.

Seu filho também pode começar a mover as pernas e contrair o abdome. Dessa forma, os bebês estão se preparando para rolar e acumulando habilidades para engatinhar.

Durante esse período, seu bebê provavelmente aprenderá a rolar nas duas direções. Portanto, nunca deixe seu filho sozinho. Esses novos movimentos podem fazer com que uma criança caia da cama ou do sofá, a menos que seja supervisionada. Mesmo que seu filho nunca tenha virado antes, sempre há uma primeira vez. Os bebês gostam de surpreender os pais dessa maneira!

A partir do momento em que fortalecem o pescoço e o tronco, os bebês podem começar a sentar quando colocados nessa posição com apoio. Seu bebê aprenderá, também, a se inclinar para a frente com os braços esticadoo. Seu bebê ganhará força e confiança para se sentar sem ajuda ao longo do tempo, mas ainda precisará até o final desta fase.

As pernas também estão ficando mais fortes. Seu bebê aprenderá a suportar todo o seu peso quando mantido em pé.

Alcançando e agarrando

Os bebês usam as mãos cada vez mais e aprendem a alcançar e agarrar o que querem. Eles estão aprendendo a passar um objeto de uma mão para a outra e a pegar objetos, juntando-os com os dedos.

Dê ao seu filho muitos brinquedos com sons e texturas para pegar, sacudir e explorar. Tenha cuidado com objetos pequenos, porque os bebês colocarão quase tudo o que puderem na boca para uma exploração mais aprofundada. Portanto, observe os riscos potenciais de asfixia.

Como posso incentivar meu bebê?

Tenha um espaço designado para brincadeiras seguras, onde os brinquedos favoritos possam ser mantidos ao alcance do seu bebê. Continue permitindo que o bebê se mantenha de bruços. Nesta posição, incentive o seu bebê a levantar a cabeça e o peito e afastá-los do chão. Faça alguns barulhos, sacuda um chocalho para atrair seu filho a olhar e depois levante. Coloque um brinquedo favorito na frente do seu bebê para incentivar o movimento para a frente.

Deixe o seu bebê praticar sentado, apoiando o seu filho com as mãos ou com um travesseiro atrás das costas. Na posição sentada, as mãos do seu bebê estão livres para pegar e explorar brinquedos.

Em uma posição sentada, ajude seu bebê a se levantar. Enquanto estiver em pé, deixe o seu bebê saltar algumas vezes, segurando-o, antes de abaixá-lo.

Essas três posições (barriga, sentado, em pé) permitem que os bebês exercitem seus músculos e dominem as habilidades necessárias para alcançar o próximo marco.

Quando devo ligar para o médico?

O desenvolvimento segue um padrão que se baseia nas habilidades que o seu filho adquiriu anteriormente. O tempo que leva para as crianças atingirem as habilidades específicas pode variar bastante.

Informe o seu médico se o seu filho não for capaz de:

  • Rolar;
  • Suportar o peso nas pernas;
  • Sentar-se apoiado;
  • Alcançar os objetos.

Bebês de 8 a 12 meses de idade: Movimentos e coordenação

Os bebês aprendem a se locomover durante esses meses. Então, agora é a hora de proteger a sua casa, se você ainda não fez isso!

Seja especialmente cuidadoso ao fechar escadas e bloquear quartos que você prefere que não sejam explorados.

Como o meu bebê está se movendo?

A essa altura, o seu bebê está sentado e usando as mãos, de vez em quando, para apoio. Uma vez confortável nesta posição, o seu bebê começará a se virar e alcançar os objetos sem cair. O seu bebê também ficará mais habilidoso no processo de mudança de posição e logo descobrirá como se sentar, e voltar a ficar de pé. Quando estiver de bruços, o seu bebê aprenderá a empurrar as mãos e os joelhos e balançar-se para frente e para trás. Este pequeno “exercício” está exercitando os músculos do braço e das pernas, preparando o seu filho para avançar na tentativa de se mover. Alguns bebês são melhores em engatinhar do que outros. Portanto, não se preocupe se o seu filho tiver desenvolvido algumas maneiras inovadoras de se locomover, incluindo rolar, patinar ou rastejar. Enquanto o seu bebê estiver usando os braços e as pernas dos dois lados do corpo e demonstrar interesse em explorar os arredores, geralmente, não há motivo para se preocupar.

Os músculos das pernas ficarão mais fortes na posição de pé, saltando e rastejando. Então, será a hora do seu bebê começar a tomar outras medidas enquanto segura o sofá, a mesa de café ou outras peças de mobiliário para se equilibrar.

A coordenação motora fina e mão-olho também continua a melhorar durante esse período. Os bebês desenvolvem a capacidade de pegar itens pequenos e usar, de maneira mais precisa, o movimento de pinça.

Como eu posso incentivar o meu bebê?

Forneça, ao seu bebê, áreas seguras para praticar o movimento e muitas chances de se mover. Limite o tempo que o bebê passa em carrinhos, berços e outros equipamentos que restrinjam o movimento.

Coloque um brinquedo favorito fora do alcance e incentive o seu bebê a se mover em direção ao objeto desejado.

Incentive a caminhada, deixando o bebê andar pelos móveis (remova ou acolchoe os móveis com bordas afiadas) ou segure as mãos do bebê enquanto ele pratica.

Quando eu devo ligar para o médico?

O desenvolvimento normal da criança tende a seguir um certo padrão. As habilidades que os bebês desenvolvem cedo servem como alicerces para futuras habilidades. Ainda assim, o tempo necessário para desenvolver essas habilidades pode variar bastante entre as crianças.

Informe o seu médico se o seu filho não for capaz de:

  • Rastejar manter-se em pé com apoio;
  • Manter-se sentado com suporte;
  • Usar os dois lados do corpo igualmente;
  • Parecer ter um bom controle de suas mãos.

Bebês de 1 a 2 anos de idade: Movimentos e coordenação

A aquisição de marcha é a grande conquista das crianças desta idade e, no próximo ano, elas ficarão cada vez mais precisas neste processo.

À medida que a mobilidade das crianças melhora, também aumenta a sua capacidade de investigar áreas que eram, até então, inacessíveis. Por este motivo, cheque sempre a sua casa e atualize todas as medidas de proteção à criança para garantir a segurança doméstica adaptada às habilidades avançadas do seu filho.

Como está a marcha do meu filho?

Embora alguns bebês dêem os primeiros passos por volta do primeiro aniversário, a maioria aprende a andar bem após os 12 meses de idade.

As crianças que estão aprendendo a andar são chamadas de “crianças pequenas” porque é exatamente isso que fazem – elas andam, mantendo as pernas afastadas e parecendo hesitar entre cada passo, sacudindo-se de um lado para o outro enquanto movem um pé para frente e, depois de se equilibrabre, movem o próximo.

Cerca de 6 meses após os primeiros passos, as crianças desenvolvem uma marcha mais madura, segurando as mãos ao lado do corpo (em vez de sair na frente para se equilibrar) e movendo-se com os pés mais próximos.

Durante esses meses de prática, a maioria das crianças sofre algumas quedas, mas isso faz parte do aprendizado da caminhada. Você não pode proteger seu filho de todas as quedas, mas pode reduzir o risco de ferimentos mantendo a exploração em áreas seguras, longe de cantos afiados de móveis e de outros perigos.

Depois de caminhar por alguns meses, o seu filho começará a se sentir mais confiante em enfrentar novos desafios, como pegar e carregar objetos, mover-se enquanto puxa um brinquedo para trás e subir escadas.

Por volta do final do segundo ano, o seu filho pode aprender a correr, começar a chutar uma bola e tentar jogá-la. Aos 2 anos, o seu filho já consegue saltar.

Como posso incentivar o meu filho?

Estimule o seu filho ao máximo. Faça caminhadas no quintal e no bairro ou visite um playground local. Em casa, você pode fazer um percurso de obstáculos com travesseiros ou caixas e incentivar o seu filho a caminhar, subir e se rastejar. Compre algumas bolas para chutar e arremessar.

Aqui estão algumas recomendações para esta fase:

  • Obtenha, pelo menos, 30 minutos diários de atividade física estruturada (liderada por adultos), como brincar no parquinho, dar um passeio ou participar de uma aula de pais e filhos;
  • Garanta que o seu filho tenha acesso a áreas internas e externas que atendam ou excedam os padrões de segurança recomendados para todas as suas atividades;
  • À medida que suas habilidades físicas se desenvolvem, as crianças também aprendem a usar mais as mãos. Por isso, faça uso de brinquedos e materiais artesanais que podem incentivar esta coordenação, como papel e giz de cera, massinha, empilhamento de brinquedos que as crianças podem construir e derrubar e quebra-cabeças simples.

Quando devo ligar para o médico?

O desenvolvimento normal da criança tende a seguir um certo padrão. As habilidades que os bebês desenvolvem cedo servem como alicerces para futuras habilidades. Ainda assim, o tempo necessário para desenvolver essas habilidades pode variar bastante entre as crianças. Por este motivo, procure um médico se o seu filho não atinja as seguintes metas:

  • Ser capaz de caminhar aos 18 meses de idade;
  • Ser capaz de andar em um padrão mais maduro após vários meses de prática;

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.